Pedro Schneider

Um pouco sobre minha vida, trabalhos, estudos, diversões entre outros!

Fórmula do Bátima

Ahsuahsuahsuhaushaush!

Nerd é foda!

 

 

 

 

 

http://goo.gl/J6shU

Tags:
posted by correaschneider in Diversos and have No Comments

Meu próximo abridor de ceva!

posted by correaschneider in Ceva Day,Dicas,Diversos,Video and have No Comments

Outro da serie: “Queria que fosse filme!”

posted by correaschneider in Dicas,História,Video and have No Comments

Conheça a diferença entre hacker e cracker!

Apesar de estarmos acostumados a ouvir casos de invasão de computadores praticados por hackers, a maioria destes ataques são, na realidade, realizadas pelos crackers. Atualmente a mídia impressa, eletrônica e audiovisual está utilizando o termo correto porque “hacker” transformou-se em uma profissão.

Os crackers são indivíduos que utilizam seu conhecimento para invadir computadores e roubar informações confidenciais. Geralmente essas informações são vendidas ou utilizadas para aplicar golpes na Internet.

Já o hacker é um indivíduo que utiliza seu conhecimento para testar os recursos de segurança instalados na empresa. Imagine a seguinte situação: você instalou um novo gerador de energia na sua empresa ou residência. É necessário testar este novo recurso contra a falta de energia elétrica. Você testa o novo gerador desligando a energia da sua empresa ou residência para verificar se o gerador é ativado e a energia é restabelecida. No mundo virtual o trabalho de um hacker é similar ao teste do gerador. Após a instalação de um controle de segurança, o hacker tenta realizar uma invasão ao sistema protegido para verificar se o controle de segurança foi instalado e configurado de forma correta. O hacker nunca invade um sistema com o intuito de causar danos.

O hacker é uma pessoa que tem um perfil autodidata. A maior parte das pessoas acredita que o hacker tem uma formação técnica. Ou seja, trata-se de uma pessoa que participou de cursos de graduação na área de tecnologia da informação ou formou-se em algum curso técnico relacionado a alguma tecnologia. Isso não é verdade! Por exemplo, o iPhone (smartphone desenvolvido pela Apple) foi lançado em 2007. Na época do seu lançamento a tecnologia foi considerada inovadora. A principio, só era possível utilizar a função de aparelho celular do iPhone em conjunto com a operadora AT&T nos Estados Unidos. O aparelho estava bloqueado para funcionar em outros países, incluindo o Brasil. Pouco tempo após o lançamento, o iPhone foi desbloqueado por brasileiros. Os responsáveis pelo desbloqueio não aprenderam na faculdade ou em cursos técnicos como desbloquear o iPhone. Isso ocorre porque os cursos não conseguem acompanhar o avanço da tecnologia.

O mercado reconhece o profissional rotulado como Hacker Ético pelo número de palestras que ministra, pelo número de artigos que publica, pelo número de cursos que ministra e pelo número de certificações obtidas. No meu ponto de vista as certificações são “títulos” exigidos pela sociedade. Na prática, o que diferencia o profissional é a sua capacidade de resolver problemas e interagir com a comunidade.

Existem equipes de Hackers Éticos nas instituições financeiras para testar a segurança dos recursos implementados no ambiente computacional do banco e na tecnologia de internet banking. Essas equipes são formadas por 3 ou mais profissionais. Todos os testes são gerenciados pelos profissionais responsáveis pelo sistema “alvo”. Ou seja, estamos falando de uma atividade interdepartamental. Isso ocorre porque um dos objetivos dos testes é verificar se o recurso disponibilizado pelo banco atende as leis, normas e boas práticas do mercado financeiro. Participam dos testes profissionais do departamento jurídico, recursos humanos, relações institucionais, marketing, tecnologia da informação, qualidade, etc.

Conclusão

O Hacker Ético irá avaliar a conformidade com a política de segurança, identificando ameaças e vulnerabilidades desconhecidas para a organização. O objetivo é minimizar o risco de crackers acessarem as informações confidencias da sua empresa.

Retirado de : http://under-linux.org

posted by correaschneider in Dicas,Diversos,Linux and have Comment (1)

Como dar boot numa VM com pen drive!

Esse semestre vou precisar utilizar um pen drive com Ubuntu instalado! Só que as maquinas dos laboratórios da Universidade não permitem bootar no pen drive. Então a solução foi desenvolver numa VM. Para isso tive que descobrir como fazer bootar uma VM no pen drive!

Bom acabei conseguindo na segunda tentativa!

Segue o Passo a Passo!

1) Faça download e instale o VirtualBox no diretório padrão!

2) Abra o Executar ((Iniciar > Executar) ou Teclas Win+r) digite “diskmgmt.msc” e click em OK! Vai abrir algo parecido!
Diskmgmt.msc

3) Novamente entre no executar e digite “cmd” e click em OK!

4) Digite “cd %programfiles%sunvirtualbox”

5) Digite o seguinte comando (Trocando # pelo numero do Disk, que no exemplo acima é 1): “VBoxManage internalcommands createrawvmdk -filename “%USERPROFILE%”.VirtualBoxusb.vmdk -rawdisk \.PhysicalDrive# -register”!

6) Abre o programa da VirtualBox e crie uma VM nova!

Crie uma nova VM

7) Quando estiver criando uma VM e perguntar se quer criar um disco ou usar um já existente, opte pela segunda opção! E selecione a usb.vmdk

Selecione usb.vmdk

8) Pronto! Inicie a VM e saia curtindo teu pen drive!

posted by correaschneider in Desenv,Dicas,Linux and have No Comments

SoftwareLivreVS

Venha participar do III Festival de Software Livre do Vale do Sinos em
Novo Hamburgo, uma oportunidade para conhecer mais a filosofia e
tecnologias livres que dominam a cena da informática.

III Festival de Software Livre do Vale do Sinos
———————————————–
* Data: 20 de novembro de 2010 (sábado)
* Hora: 13h às 17h
* Local: Fundação Evangélica de Novo Hamburgo (IENH)
* Público Alvo: usuários de computador em geral, educadores,
estudantes e profissionais de informática que queiram conhecer o
Software Livre e/ou participar da comunidade de Software Livre da
região. Não é necessário ter experiência com Software Livre para
participar.
* Investimento: evento gratuito

Mais informações
—————-
* http://wiki.softwarelivre-vs.org/

Programação
———–
* Open Spaces
* Festa de Assinatura de Chaves OpenPGP
* Palestras nas seguintes áreas:

* Desenvolvimento
* Ruby on Rails – Filosofia e Prática
* Liberte-se com Python

* Redes
* Computação nas nuvens, virtualização e software livre – Como
eles caminham juntos

O Que é Software Livre
———————-
Software Livre se refere à liberdade dos usuários executarem,
copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o
software.

Sobre o SoftwareLivreVS
———————–
O grupo de usuários SoftwareLivreVS é um grupo de pessoas que usam
Software Livre na região do Vale do Sinos. Nós divulgamos o Software
Livre e convidamos as pessoas a fazerem parte de nosso grupo. Para
saber mais, entre na nossa página na Internet em
http://www.softwarelivre-vs.org/

posted by correaschneider in Desenv,Dicas,Diversos,Linux,MySQL,PHP and have No Comments

Como uma pessoa de TI veste os filhos gêmeos

posted by correaschneider in Diversos and have No Comments